terça-feira, 23 de junho de 2009

Quais foram os 5 filmes que mais mudaram a tua vida?

Somos apaixonados por arte.
Vivemos, por vezes, autênticas experiências; muitas, mudar-nos-ão para sempre, influenciando a nossa conduta, as nossas atitudes, moldando a nossa personalidade e re-definindo quem somos.

Desta vez, proponho-vos um desafio diferente e, de certa forma, mais íntimo. É a resposta à seguinte pergunta:

Quais foram os 5 filmes que mais mudaram a tua vida?

Reparem que não vos peço para enumerarem os vossos 5 filmes preferidos
(não quer dizer que não possam coincidir),
mas há filmes que são mais activos e propensos a suscitar reflexões e a fazerem-nos pensar de novas formas. Filmes que, mais do que definirem os nossos gostos artísticos, influenciam a definição de quem somos em sociedade.

Não precisam justificar, obviamente, as vossas escolhas, mas se o quiserem fazer esta experiência tornar-se-á certamente mais enriquecedora. Mas, como disse, é opcional.

Será, verão, um exercício de auto-análise bastante interessante e com resultados curiosos. Participa!

A minha lista:
- O Bom Rebelde
- Relatório Kinsey
- O Lado Selvagem
- O Senhor dos Anéis
- Magnolia

Eis os 5 filmes que mais me inspiraram e encorajaram. E claro, que mais mudaram a minha vida.

24 comentários:

  1. Vou pensar Filipe e depois volto.

    Abraços e até mais.

    ResponderEliminar
  2. ALTIERES BRUNO MACHADO JUNIOR e FILIPE MACHADO: Com certeza. Eu próprio tive que reflectir e já tenho a minha lista quase pronta :b Fico então a aguardar.

    Cumps.
    Filipe Assis
    CINEROAD - A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  3. É realmente díficil! Mas um possível perfil:
    - 101 Dálmatas;
    - Harry Potter;
    - The Exorcist;
    - Laranja Mecânica;
    - Brokeback Mountain;

    Vou considerar mais hipóteses, foi de pensamento rápido ;p

    Abraço, e excelente desafio!

    ResponderEliminar
  4. Essa é uma perguntaaa dificilima!
    Mais consigoo pensar em três!
    Estou a pensar nos outros!

    ResponderEliminar
  5. Vai ficar algum esquecido, mas aqui vai:

    STAR WARS Episode IV A NEW HOPE - porque foi o primeiro filme que vi. E porque fiquei para sempre apaixonado pela saga do George Lucas.

    ROCCO E I SUOI FRATELLI - porque foi a primeira obra neo-realista que vi e continua a ser o meu preferido do Visconti.

    ONE FLEW OVER THE CUCKOO'S NEST - porque é um dos meus filmes de eleição.

    ONCE UPON A TIME IN AMERICA - este é outro.

    OS MUTANTES - porque é uma maravilha ver Villaverde. Embora o Transe seja melhor, este está num cantinho especial porque o vi primeiro.

    ResponderEliminar
  6. Irei pensar com cuidado e, mais tarde volto. heheh
    Gostei demais desta proposta. Está de parabéns!!

    ResponderEliminar
  7. Aqui vai a minha lista:
    - Titanic- primeiro filme que vi no cinema, assim se iniciou a minha paixão.
    - The Fountain
    - Great Expectations
    - Água
    - Música no Coração

    ResponderEliminar
  8. Nossa , pra responder esta pergunta precisaria de um bom tempo pra pensar . São tantos que vem a minha cabeça .

    Abraços .

    ResponderEliminar
  9. É uma missão (quase) impossível. Sou incapaz de escolher "os 5 filmes que mais mudaram a minha vida", porque não só são 5, são muito mais. Atente-se ao facto de que não é a lista dos "5 melhores filmes de sempre", na minha perspectiva. Uma lista possível seria, talvez, a seguinte:

    1 - Elephant (Van Sant)
    2 - Atonement (Wright)
    3 - The Fountain (Aronofsky)
    4 - The Lion King (Minkoff / Allers)
    5 - Schindler's List (Spielberg)

    Podia facilmente incluir filmes como "Milk", "Lost in Translation", "Brokeback Mountain", "Requiem for a Dream", "A Clockwork Orange", "The Shining", "Titanic", "Cidade de Deus", "The Dreamers" ou "The Hours" pela forma como modificaram a minha visão do mundo e as minhas próprias acções.
    Mas ainda faltam muitos filmes para ver, muito para descobrir... por isso a lista não é, claramente, definitiva.
    Aguardamos, ansiosos, as tuas escolhas.
    Abraço e parabéns pela iniciativa! :P

    ResponderEliminar
  10. Estou com o Flávio, é muito díficil separar filmes que nos marcaram e nos mudaram a vida! Títulos como V de Vingança, Milk, O Lado Selvagem, Blindness, Amélie Poulain, Benjamin Button, American Beauty e afins, são dificeis de nao incluir na lista! :p

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. mais uma vez,parabéns por esta excelente(e muito difícil iniciativa)
    estou aqui a pensar,mas esta será uma lista que poderá sofrer alterações:

    A Lista de Schindler
    Rain Man-Encontro de Irmãos
    Pulp Fiction
    Seven
    Blade Runner
    (e continua,mas fico-me por estes)
    abraço

    ResponderEliminar
  12. Preciso pensar bem, já assisti muitos filmes que marcaram.

    Assim que tiver a lista, vou tentar postar no meu blog.

    Abraço

    ResponderEliminar
  13. JACKSON, ÁLVARO MARTINS, MARTA e JACKIE BROWN: Muito obrigado pela participação. Voltem sempre!

    CLEBER, RAPHAEL VAZ e GABRIEL VON BORELL: Ficamos então a aguardar as tuas escolhas!

    FLÁVIO GONÇALVES: Sim, entendeste perfeitamente. Não é pedido os 5 filmes predilectos, mas sim os 5 que mais mudaram a tua vida. Obrigado pela participação! Volta sempre!

    JACKSON: É difícil; mas, enfim, creio que é possível. O que é pedido penso que é distinto. Obrigado pela participação! VOlta sempre!

    HUGO: Com certeza, passarei pelo teu blog. Mas passa também por aqui e deixa-nos a tua lista!

    Agradecimentos especiais a:
    JACKSON, RAPHAEL VAZ, FLÁVIO GONÇALVES e JACKIE BROWN pelas congratulações. Fico muito lisonjeado.

    Cumps.
    Filipe Assis
    CINEROAD - A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  14. Pensar em só cinco é complicado. Tanto que a mente vagueia para os mais recentes. Portanto esta é uma lista condicional e provavelmente poderá ser modificada constantemente.

    Blindness
    21 Grams
    Revolutionary Road
    Seven
    Kill Bill

    ResponderEliminar
  15. Um desafio muito interessante, mas dificílimo.

    The Fountain
    Uma história que desafia o sentido da vida e que me fez questionar muitas coisas, como tentar perceber outras tantas. Por ser uma experiência sensorial transcendente, estimulante, enriquecedora, tocante e inesquecível.

    Godzilla
    primeiro filme que fui ver ao cinema e a primeira vez que abri a boca de espanto. Nunca antes tinha visto a diferença que é ver um filme em casa e no cinema.

    Lord of The Rings
    Os três num todo, mas principalmente The Retunr of The King. Pelos visuais, pela história de coragem, pela amizade entre Sam e Frodo, pelo sentido épico, intenso e inesquecível que teve no grande ecrã.

    Fight Club
    Na altura em que o vi, identificava-me bastante com a crítica feita ao consumismo exacerbado. Pelo Tyler Durden, pela realização irreverente e arrojada e pelo twist final.

    City Lights
    Por ser uma história tão ternurenta. Pela força com que Chaplin transmitia emoções apenas com imagens, sem som. Apaixonante.

    Para além destes 5, existem mais filmes que me mudaram a vida de uma forma ou de outra.

    Se não te importares Filipe, vou colocar este texto no meu 35mm, fazendo, claro está, referência aqui ao Cineroad.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. COmo aqui no Brasil, os nomes dos filmes são traduzidos diferentes daí, vou colocá-los com o nome original:

    - Good Will Hunting
    - Adaptation.
    - Fight Club
    - American History X
    - High Fidelity (Alta FIdelidade)

    Concorreram também: Magnólia, Old Boy, Manderlay e Ferris Bueller's Day Off

    ResponderEliminar
  17. TIAGO RAMOS, THESUBSIDAL e RAPHAEL VAZ: Muito obrigado pela participação! Voltem Sempre!

    P.S. - THESUBSIDAL: Com certeza, podes publicar ;) Obrigado uma vez mais!

    Cumps.
    Filipe Assis
    CINEROAD - A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  18. Lady in the Radiator27 de junho de 2009 às 00:03

    cinco é verdadeiramente complicado mas cá vamos:

    Eraserhead (lynch)
    Requiem for a Dream (aronofsky)
    Crash (Cronenberg)
    Amor de Perdição (Manoel de Oliveira)
    Aurora (Murnau)

    ResponderEliminar
  19. É muito dificil escolher somente 5... mas aqui vai, aviso-te desde já que são mais que 5:

    - Crash
    - Schindler's List
    - The Constant Gardener
    - 15 Minutes
    - Donnie Darko
    - Amélie
    - Whale Rider

    E haverá outros que mudaram a minha vida de alguma maneira, mas estes são sem dúvida os que me fizeram mudar de alguma maneira.

    ResponderEliminar
  20. Bom se me permites vou-me alargar um pouco aqui...descobri esta iniciativa e, como é óbvio, cedi ao desafio. Uma nota só para dizer que é baseado no que me lembro assim depois de uma revisão mais ou menos cuidada. Aqui vai:

    Cinderella Man - Porque me fez acreditar que surpresas ainda acontecem e que até rodeado de imensos clichés se faz uma obra sublime e muito muito bem feita. Gostei como pensava já não vir a gostar de um filme. Poderia incluir aqui também La vita è bella, e alguns filmes de Clint Eastwood.

    Braveheart - Porque me transmitiu enormes sensações, emoções. Fez-me perceber o poder, a força do Cinema. Os últimos dez minutos contém uma das minhas cenas preferidas de sempre.

    O Rei Leão - Porque foi dos primeiros filmes a ter em casa, em vhs e por isso a rever e rever e rever. Sem saber ao certo, tinha em casa uma grande obra.

    Titanic - Porque foi o filme que me fez perceber a magnificência de uma sala de cinema e do próprio cinema em si. Pura delícia nos diálogos, nos cenários, nos sons e na música. Talvez um dos filmes que me define, em parte, nesta arte.

    Jurassic Park - Porque foi o filme que vi, vejo e certamente verei mais vezes na televisão. É inevitável, puro entretenimento e fascínio pelo mundo ali criado, que me catapultou para a paixão que hoje detenho. E.T.: The Extra-Terrestrial, Speed, The Mask, The Goonies, Asterix Et Obelix Contre Cesar, Pirates of the Caribbean, Underworld e The Dark Night são mais exemplos sendo a maioria amores de infância.

    The Prestige - Porque foi O filme (talvez quase a par de Saw e The Others) que me revelou a arte e o engenho de orquestrar ou criar um objecto cinematográfico. A preocupação com o espectador e a surpresa, inteligência, complexidade, etc, aqui com o grande twist final. Fiquei de boca aberta.

    Labirinto del Fauno - Porque me fez abrir os olhos para outro cinema, outra língua, outros países ou outras formas de abordar esta arte. Não que seja totalmente o caso, incutiu essa vontade e esse despertar, só por isso. Também podia referir aqui El Orfanato.

    The Good, the Bad and the Ugly - Porque despertou-me para um género que actualmente adoro. E porque me fez ver o cinema como também algo mais parado, reflexivo, com tensão e tempo, e por isso delicioso. Há e dá tempo para tudo :P. A fistful of Dollars, Once upon a time in the West, Unforgiven e Inglourious Basterds são outros exemplos.

    The Godfather - Porque me fez ver os clássicos com outros olhos. E também me aproximou mais deles.
    Os clássicos existem e recomendam-se por alguma razão, basta ter paciência e aprender a gostar/reconhecer.

    Revolutionary Road - Porque me fez ver a força das interpretações e dos actores. Doubt, Eastern Promises e The Hours são outros exemplos.

    12 Angry Men - Porque me fez ver, incrédulamente, o cinema como algo intemporal e básico no bom sentido da palavra. Com pouco, com o essencial se faz muito, se faz um enorme filme, uma enorme mensagem e, aqui está a minha surpresa maior, também puro entretenimento. Não é preciso tanta superficialidade em explosões e acção como ocorre na actualidade.

    O Senhor dos Anéis - Porque me fez perceber as multi-facetas que o cinema atinge e que um filme pode atingir. Resumiria a trilogia como tendo Tudo. Desde a calma de uma paisagem à acção de uma batalha. Desde o suspense de uma traição ao puro romance. Para não dizer mais. Também se encontra no lote que me define nesta arte.

    Fico-me por aqui e já me alonguei muito. Desde já as minhas desculpas por não seguir os 5 que pedias. Não consegui...mesmo :P

    abraço

    ResponderEliminar
  21. LADY IN THE RADIATOR: Hummm. Ainda só conheço o REQUIEM, desses.

    GEMA: AMÉLIE, A LISTA DE SCHINDLER e DONNIE DARKO são os que destacaria, dentro das tuas escolhas.

    JORGE: Pois... a dificuldade do exercício é mais a restrição. Grandes escolhas: TITANIC e O SENHOR DOS ANÉIS são também duas das obras que mais me definem, ou que mais definem o meu gosto cinematográfico. Não gosto muito do JURASSIC PARK e ainda não vi o 12 HOMENS EM FÚRIA.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD – A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  22. Ah mas tens mesmo de ver os 12 HOMENS EM FÚRIA. Vale muito a pena.

    Quanto ao exercício de escolher 5, pois eu sei que a dificuldade está aí, e normalmente tento seguir as regras impostas...mas aqui não consegui mesmo, muito por culpa de tocar em assuntos ou em matérias muito pessoais.
    E já agora dou-te os parabéns por esta iniciativa!

    abraço

    ResponderEliminar
  23. JORGE: Obrigado. Já reparei que re-editaram recentemente o DVD do 12 HOMENS EM FÚRIA. Talvez o adquira.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD – A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões